Status do RPG: Aberto a novas inscrições
Ao se cadastrar, favor fazê-lo com o futuro nome de seu personagem. Exemplo: Uchiha Sasuke, Uzumaki Naruto. Tenha em mente que a ativação da conta se dá por um link mandado ao seu email de cadastro, portanto utilize uma conta válida.
Link us!




Quem está conectado
6 usuários online :: 5 usuários cadastrados, Nenhum Invisível e 1 Visitante :: 1 Motor de busca

Hyuuga Hime, King, Lee Shizuko, Mugi, Tsumi

O recorde de usuários online foi de 45 em Sex 1 Abr - 18:17

Mercenários: Nanatsu no Taizai: Shitto (Sete Pecados Capitais: Inveja) - King

Ir em baixo

Mercenários: Nanatsu no Taizai: Shitto (Sete Pecados Capitais: Inveja) - King

Mensagem por O Criador em Sex 14 Nov - 2:50

Apesar do conceito dos sete pecados capitais ser importado do mundo ocidental, Naruto tem muitas referências do gênero (em especial na fase shippuden e mais ainda referindo-se a Kumogakure) para podermos abrigá-lo como temática de algumas cenas.

Por quase todos poderem ser taxados como kinjutsus ou apresentarem habilidades pouco agradáveis para a convivência com outros ninjas em uma vila, são destinados a mercenários que se exilaram ou aqueles que são inescrupulosos.

Não são cenas destinadas a NPCs.

Shitto
Inveja



It's the same old desire
Nothing has changed
Nothing's the same
Burning like fire
Don't you ever take my name in vain, oh yeah

(Ozzy Osbourne - Desire)

Tipo: Kekkei genkai metamórfica
A busca exagerada por posses, status, habilidades e tudo que outra pessoa tem e obtêm.
Este tema se dedica a shinobis que são capazes de alterar seu corpo e se libertar das limitações humanas em busca de algo da natureza alheia. O personagem recebe os seguintes benefícios:

*O corpo do personagem foi alterado por uma mutação rara, células instáveis (que também são apresentadas no Tema da Avareza). Significa que a despeito da complexidade de possuir um sistema circulatório de chakra e órgãos diferenciados, os tecidos do indivíduo podem se comportar como de organismos mais simples que plasmam sua estrutura e modificam-se em alta velocidade. Todo o uso do Henge no Jutsu é elevado em dois ranks e não pode ser desfeito ao receber um golpe ou se tornar inconsciente, por causa da precisa alteração a nível corporal plasmando até mesmo as roupas, mas nenhum equipamento é produzido com esta transformação;
*Quando é exposto a uma criatura não humana (kuchiyose, quimera, animal natural ou versão gigantesca, ser produzido com jutsus orgânicos etc), o personagem excita com estímulos especiais seu olfato e terminações especiais nele captam resíduos moleculares nela e armazenam uma codificação nas suas células chamada "emulação". Cada vez que recebe uma emulação, o personagem decide se irá usá-la de imediato ou se além disto incorpora em seu arsenal - ele pode ter até cinco emulações, mais uma por escalão (máximo dez), registradas em uma nuvem flutuante de DNA dentro de si. Ao usar naquele momento a emulação ou dali em diante, o personagem pede à narração de um a três elementos da criatura para reproduzir, e o custo em chakra como se ela fosse uma kuchyose e ele invocasse suas habilidades físicas em si mesmo: todos os elementos desejados são "trazidos" de uma vez, pelo mesmo custo. Ele transforma-se em um estado intermediário com pele sem cor ou órgãos sensoriais visíveis e depois na estrutura corporal que deseja, em um post. As tabelas a seguir lidam com custo e habilidades possíveis de serem reproduzidas:

[Custo]

Rank E Criatura com habilidades físicas inferiores à humana, como um animal pequeno
Rank D Criatura não predadora, mas em algum quesito superior a um humano, como um herbívoro mais forte
Rank C Maioria dos predadores e animais e kuchyoses de grande porte
Rank B Criaturas derivadas de jutsus até Rank B, quimeras
Rank A Kuchyoses especiais com habilidades anatômicas ou poderosas, criaturas derivadas de jutsus até Rank A
Rank S Seres únicos como entidades seladas ou especiais em eventos, criaturas derivadas de jutsus até Rank S

[Poderes que podem ser incorporados na mudança de forma]

>Um PEV físico (se o narrador não se preocupou em criar um para o ser emulado, deve determinar um usando regras da área de narração), até no máximo o valor de aprendizado de jutsu pelo Rank de custo (PEV 2 Rank E, 3 Rank D, 5 Rank C, 8 Rank B, 12 Rank A, 16 Rank S). O PEV substitui o do personagem durante a transformação, por isto formas mais poderosas são as únicas vantajosas;
>Forma especial de locomoção (vôo, nado, salto) ou sobrevivência em ambiente inóspito aos seres humanos (guelras, suportar calor do deserto ou frio extremo, alimentação de determinado recurso);
>Couraça, membros extras, órgãos sensoriais especiais (visão infravermelha, olfato apurado, audição aguçada etc);
>Jutsu possível da criatura e que não seja treinado, como por exemplo por kuchyoses inteligentes, e utilizado pelo corpo da criatura naturalmente mesmo que o personagem não tenha os PEVs mas arque com gasto em PENs;
>(Custa dois espaços de habilidades) Regeneração, duplicação, proteção extrema a danos
>(Custa três espaços de habilidades) Imunidade a determinado elemento ou condição

*O Tema se torna poderoso no momento em que o personagem pode incorporar capacidades de diversas criaturas e fundi-las em uma forma mista e monstruosa, frequentemente medonha e parecida com algo nascido dos pesadelos, com partes de vários seres emergindo. Ele pode usar uma criatura como base com seus três slots (espaços) de elementos copiáveis e somar mais uma habilidade de outra criatura armazenada por escalão que possua, até no máximo oito, pagando em adição o custo mínimo daquele rank da nova composição. Isto se torna altamente custoso em termos de chakra para usar vários seres porém como a reprodução de formas e poderes não tem limite de duração nem outras penalidades (a não ser que limitem o uso de selos, com patas substituindo mãos, ou demais alterações anatômicas), é uma "forma de combate" ideal para lutas decisivas ou missões prolongadas. Mudanças anatômicas mesmo incompatíveis como asas e membranas de natação são adaptadas para um meio-termo possível a ambos;
*Note que apagar uma criatura inteira emulada é possível e desejável no caso de superar registros por outros melhores, só que este processo leva um RP de repouso e doloroso retrocesso biológico em palavras igual ao Rank do ser armazenado como se treinasse um jutsu (800 palavras para Rank C, por exemplo). Após deletado, o slot de emulação fica livre e disponível.

PEV Transcendente: Caso chegue a 25 do PEV Resistência, é capaz de escolher este PEV como PEV transcendente e reduzir todos os custos de todas as transformações ao mínimo de um Rank inferior ao da emulação (custo 5 para transformação Rank B, citando um exemplo), além de ganhar cinco novos slots de cópias de criaturas para serem adicionados.

Código:
[quote][quote]Apesar do conceito dos sete pecados capitais ser importado do mundo ocidental, Naruto tem muitas referências do gênero (em especial na fase shippuden e mais ainda referindo-se a Kumogakure) para podermos abrigá-lo como temática de algumas cenas.

Por quase todos poderem ser taxados como kinjutsus ou apresentarem habilidades pouco agradáveis para a convivência com outros ninjas em uma vila, são destinados a mercenários que se exilaram ou aqueles que são inescrupulosos.

Não são cenas destinadas a NPCs.[/quote]

[quote][size=18][b][u]Shitto[/u][/b][/size]
[i]Inveja[/i]

[img]http://illiweb.com/fa/pbucket.gif[/img]

[i]It's the same old desire
Nothing has changed
Nothing's the same
Burning like fire
Don't you ever take my name in vain, oh yeah[/i]
(Ozzy Osbourne - Desire)

[b]Tipo:[/b] Kekkei genkai metamórfica
A busca exagerada por posses, status, habilidades e tudo que outra pessoa tem e obtêm.
Este tema se dedica a shinobis que são capazes de alterar seu corpo e se libertar das limitações humanas em busca de algo da natureza alheia. O personagem recebe os seguintes benefícios:

*O corpo do personagem foi alterado por uma mutação rara, células instáveis (que também são apresentadas no Tema da Avareza). Significa que a despeito da complexidade de possuir um sistema circulatório de chakra e órgãos diferenciados, os tecidos do indivíduo podem se comportar como de organismos mais simples que plasmam sua estrutura e modificam-se em alta velocidade. Todo o uso do Henge no Jutsu é elevado em dois ranks e não pode ser desfeito ao receber um golpe ou se tornar inconsciente, por causa da precisa alteração a nível corporal plasmando até mesmo as roupas, mas nenhum equipamento é produzido com esta transformação;
*Quando é exposto a uma criatura não humana (kuchiyose, quimera, animal natural ou versão gigantesca, ser produzido com jutsus orgânicos etc), o personagem excita com estímulos especiais seu olfato e terminações especiais nele captam resíduos moleculares nela e armazenam uma codificação nas suas células chamada "emulação". Cada vez que recebe uma emulação, o personagem decide se irá usá-la de imediato ou se além disto incorpora em seu arsenal - ele pode ter até cinco emulações, mais uma por escalão (máximo dez), registradas em uma nuvem flutuante de DNA dentro de si. Ao usar naquele momento a emulação ou dali em diante, o personagem pede à narração de um a três elementos da criatura para reproduzir, e o custo em chakra como se ela fosse uma kuchyose e ele invocasse suas habilidades físicas em si mesmo: todos os elementos desejados são "trazidos" de uma vez, pelo mesmo custo. Ele transforma-se em um estado intermediário com pele sem cor ou órgãos sensoriais visíveis e depois na estrutura corporal que deseja, em um post. As tabelas a seguir lidam com custo e habilidades possíveis de serem reproduzidas:

[Custo]

[color=violet][b]Rank E[/b][/color] Criatura com habilidades físicas inferiores à humana, como um animal pequeno
[color=blue][b]Rank D[/b][/color] Criatura não predadora, mas em algum quesito superior a um humano, como um herbívoro mais forte
[color=green][b]Rank C[/b][/color] Maioria dos predadores e animais e kuchyoses de grande porte
[color=orange][b]Rank B[/b][/color] Criaturas derivadas de jutsus até Rank B, quimeras
[color=red][b]Rank A[/b][/color] Kuchyoses especiais com habilidades anatômicas ou poderosas, criaturas derivadas de jutsus até Rank A
[color=purple][b]Rank S[/b][/color] Seres únicos como entidades seladas ou especiais em eventos, criaturas derivadas de jutsus até Rank S

[Poderes que podem ser incorporados na mudança de forma]

>Um PEV físico (se o narrador não se preocupou em criar um para o ser emulado, deve determinar um usando regras da área de narração), até no máximo o valor de aprendizado de jutsu pelo Rank de custo (PEV 2 Rank E, 3 Rank D, 5 Rank C, 8 Rank B, 12 Rank A, 16 Rank S). O PEV substitui o do personagem durante a transformação, por isto formas mais poderosas são as únicas vantajosas;
>Forma especial de locomoção (vôo, nado, salto) ou sobrevivência em ambiente inóspito aos seres humanos (guelras, suportar calor do deserto ou frio extremo, alimentação de determinado recurso);
>Couraça, membros extras, órgãos sensoriais especiais (visão infravermelha, olfato apurado, audição aguçada etc);
>Jutsu possível da criatura e que não seja treinado, como por exemplo por kuchyoses inteligentes, e utilizado pelo corpo da criatura naturalmente mesmo que o personagem não tenha os PEVs mas arque com gasto em PENs;
>(Custa dois espaços de habilidades) Regeneração, duplicação, proteção extrema a danos
>(Custa três espaços de habilidades) Imunidade a determinado elemento ou condição

*O Tema se torna poderoso no momento em que o personagem pode incorporar capacidades de diversas criaturas e fundi-las em uma forma mista e monstruosa, frequentemente medonha e parecida com algo nascido dos pesadelos, com partes de vários seres emergindo. Ele pode usar uma criatura como base com seus três slots (espaços) de elementos copiáveis e somar mais uma habilidade de outra criatura armazenada por escalão que possua, até no máximo oito, pagando em adição o custo mínimo daquele rank da nova composição. Isto se torna altamente custoso em termos de chakra para usar vários seres porém como a reprodução de formas e poderes não tem limite de duração nem outras penalidades (a não ser que limitem o uso de selos, com patas substituindo mãos, ou demais alterações anatômicas), é uma "forma de combate" ideal para lutas decisivas ou missões prolongadas. Mudanças anatômicas mesmo incompatíveis como asas e membranas de natação são adaptadas para um meio-termo possível a ambos;
*Note que apagar uma criatura inteira emulada é possível e desejável no caso de superar registros por outros melhores, só que este processo leva um RP de repouso e doloroso retrocesso biológico em palavras igual ao Rank do ser armazenado como se treinasse um jutsu (800 palavras para Rank C, por exemplo). Após deletado, o slot de emulação fica livre e disponível.

PEV Transcendente: Caso chegue a 25 do PEV Resistência, é capaz de escolher este PEV como PEV transcendente e reduzir todos os custos de todas as transformações ao mínimo de um Rank inferior ao da emulação (custo 5 para transformação Rank B, citando um exemplo), além de ganhar cinco novos slots de cópias de criaturas para serem adicionados.[/quote]
[/quote]

_________________
ATENÇÃO: Esta account NÃO responde mensagens privadas!
avatar
O Criador


Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum