[Tema livre para Kekkan] Chi No Sousa (Manipulação do Sangue)

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

[Tema livre para Kekkan] Chi No Sousa (Manipulação do Sangue)

Mensagem por O Criador em Ter Set 15, 2015 7:24 pm

CHI NO SOUSA
Manipulação de Sangue



Raining blood
From a lacerated sky
Bleeding its horror
Creating my structure
Now I shall reign in blood!

(Slayer - Raining Blood)

Este Kekkan desenvolveu ainda mais suas habilidades de manipular seu fluxo de sangue adicional retirando-o com cortes que se abrem na sua pele, tal qual fazem os Kaguya com sua kekkei genkai, evoluindo sua utilização ofensiva da Kekkei Genkai, criando novas e mais poderosas formas de combate usando o próprio sangue.

*Ataque hematocinético: A cada ponto no PEV Resistência do personagem ele possui 5 Pontos de Sangue (PS) que contam como um PEN à parte somente para este Tema. O sangue não é controlado por chakra mas como uma extensão da mente do usuário, e utiliza Ninjutsu quanto à precisão e velocidade dos ataques. Caso o ataque hematocinético seja revertido contra o usuário, o dano é anulado e o sangue reabsorvido inocuamente.
Cada ataque pode tomar inúmeras formas de alta plasticidade, como esferas, tiros, agulhas, lâminas, brocas ou demais definidos pelo usuário. Ele só pode utilizar um Rank de técnicas igual ao seu escalão mais um (genins podem empregar técnicas de dano e custo C, high genins C+, chuunins B etc, máximo Rank A+ para jounin de elite; este Rank não á aumentado por altos PEVs), empregando os PS como custo. Utilize Resistência comparado a Controle de Chakra ou Força para reduzir os custos em 1/2/3 por alto valor neste critério;
*Reposição absortiva: O gasto em PS não é recuperado após um projétil de média a longa distância (maior do que a Resistência do usuário em metros para alcance) ter sido lançado, e os PS são regenerados apenas ao final de um tópico que tenha incluído descanso e alimentação ou uma ingestão de pílula de sangue, que recupera todos eles. Se o ataque for de menor alcance e mantido como uma arma constante, ao final do uso o personagem reabsorve no corpo o sangue empregado descartando qualquer impureza ou toxina e recupera o custo. É possível misturar de propósito o sangue a veneno ou ácido a fim de carregá-lo pelo ataque, embora neste último caso os PS são perdidos ao final do uso por deterioração do plasma sanguíneo;
*Aumento de poder: O usuário não controla apenas o sangue para fora do seu corpo, ele pode manipular o extra sem prejuízo de sua circulação corporal para melhorar suas habilidades físicas, melhorando sua performance em combate. Ele consome PS como um jutsu de Rank B e escolhe onde colocar 3 PEVs em Taijutsu (movendo seu corpo com mais agilidade), Força (reforçando o impacto de seus ataques e sustentação contra maiores pesos) e Velocidade (literalmente movendo-se para onde quiser), à sua escolha, até o final do tópico. Como este consumo demanda energia corporal para os movimentos extras, os PS são gastos e não reabsorvidos. Ele pode repetir o uso do aumento de poder porém ganha na segunda vez apenas 2 PEVs e na terceira 1 PEV, representando o desgaste de suas habilidades, para um total máximo de 6 PEVs a um custo de 36/35/34 em PS;
*Construtos hematocinéticos: Um uso menos provável ou ortodoxo da manipulação de sangue é condensá-lo e misturá-lo ao chakra do usuário para fornecer suficiente rijeza e gerar construtos como barreiras, fortificações como plataformas e muros ou mesmo duplicatas de si mesmo. O uso de uma barreira envolve qualquer rank até seu máximo em ataques hematocinéticos, podendo bloquear ataques até seu rank, porém pela natureza fluida do líquido quando o ataque é mais forte o sangue reverte ao seu estado natural e amortece o dano, reduzindo-o em um rank (exceto fogo, capaz de evaporar o sangue antes que ele mude de estado). Objetos criados usam a regra da barreira mas precisam ser simples, como ferramentas, paredes, pisos etc sem complexidade de mecanismos e peças. Já as duplicatas são um uso de Rank B e elas possuem a mesma Resistência do usuário, que cria uma por custo, e são capazes de ataques físicos mas não possuem sistema circulatório de chakra nem usam técnicas.
O custo em chakra e PS é dividido meio a meio (arredondado para baixo).

Há interações deste Tema com especializações. Pílulas de sangue, como visto, regeneram PS perdidos e podem ser criadas com medicina. Fuuinjutsu não pode selar o sangue como se fosse um elemento, porém pode ser empregado em técnicas como tinta e desenhar os kanjis de selamento sob controle do usuário. Ninpou concede bônus no uso das técnicas como se o sangue fosse uma arma e não um jutsu. E finalmente Shiro Tanzou pode usar o sangue do próprio usuário em técnicas de forjaria, sem emanar malícia (porque não foi extraído à força, foi doado por vontade própria) e até armas únicas feitas de sangue são forjáveis, com imensa capacidade de adaptação e maleabilidade, porém fiéis apenas a quem já foram parte.

Código:
[quote][quote][b][color=red][size=18]CHI NO SOUSA[/size][/color][/b]
[i]Manipulação de Sangue[/i]

[img]http://illiweb.com/fa/pbucket.gif[/img]

[i]Raining blood
From a lacerated sky
Bleeding its horror
Creating my structure
Now I shall reign in blood![/i]
(Slayer - [i]Raining Blood[/i])

Este Kekkan desenvolveu ainda mais suas habilidades de manipular seu fluxo de sangue adicional retirando-o com cortes que se abrem na sua pele, tal qual fazem os Kaguya com sua kekkei genkai, evoluindo sua utilização ofensiva da Kekkei Genkai, criando novas e mais poderosas formas de combate usando o próprio sangue.

*Ataque hematocinético: A cada ponto no PEV Resistência do personagem ele possui 5 Pontos de Sangue (PS) que contam como um PEN à parte somente para este Tema. O sangue não é controlado por chakra mas como uma extensão da mente do usuário, e utiliza Ninjutsu quanto à precisão e velocidade dos ataques. Caso o ataque hematocinético seja revertido contra o usuário, o dano é anulado e o sangue reabsorvido inocuamente.
Cada ataque pode tomar inúmeras formas de alta plasticidade, como esferas, tiros, agulhas, lâminas, brocas ou demais definidos pelo usuário. Ele só pode utilizar um Rank de técnicas igual ao seu escalão mais um (genins podem empregar técnicas de dano e custo C, high genins C+, chuunins B etc, máximo Rank A+ para jounin de elite; este Rank não á aumentado por altos PEVs), empregando os PS como custo. Utilize Resistência comparado a Controle de Chakra ou Força para reduzir os custos em 1/2/3 por alto valor neste critério;
*Reposição absortiva: O gasto em PS não é recuperado após um projétil de média a longa distância (maior do que a Resistência do usuário em metros para alcance) ter sido lançado, e os PS são regenerados apenas ao final de um tópico que tenha incluído descanso e alimentação ou uma ingestão de pílula de sangue, que recupera todos eles. Se o ataque for de menor alcance e mantido como uma arma constante, ao final do uso o personagem reabsorve no corpo o sangue empregado descartando qualquer impureza ou toxina e recupera o custo. É possível misturar de propósito o sangue a veneno ou ácido a fim de carregá-lo pelo ataque, embora neste último caso os PS são perdidos ao final do uso por deterioração do plasma sanguíneo;
*Aumento de poder: O usuário não controla apenas o sangue para fora do seu corpo, ele pode manipular o extra sem prejuízo de sua circulação corporal para melhorar suas habilidades físicas, melhorando sua performance em combate. Ele consome PS como um jutsu de Rank B e escolhe onde colocar 3 PEVs em Taijutsu (movendo seu corpo com mais agilidade), Força (reforçando o impacto de seus ataques e sustentação contra maiores pesos) e Velocidade (literalmente movendo-se para onde quiser), à sua escolha, até o final do tópico. Como este consumo demanda energia corporal para os movimentos extras, os PS são gastos e não reabsorvidos. Ele pode repetir o uso do aumento de poder porém ganha na segunda vez apenas 2 PEVs e na terceira 1 PEV, representando o desgaste de suas habilidades, para um total máximo de 6 PEVs a um custo de 36/35/34 em PS;
*Construtos hematocinéticos: Um uso menos provável ou ortodoxo da manipulação de sangue é condensá-lo e misturá-lo ao chakra do usuário para fornecer suficiente rijeza e gerar construtos como barreiras, fortificações como plataformas e muros ou mesmo duplicatas de si mesmo. O uso de uma barreira envolve qualquer rank até seu máximo em ataques hematocinéticos, podendo bloquear ataques até seu rank, porém pela natureza fluida do líquido quando o ataque é mais forte o sangue reverte ao seu estado natural e amortece o dano, reduzindo-o em um rank (exceto fogo, capaz de evaporar o sangue antes que ele mude de estado). Objetos criados usam a regra da barreira mas precisam ser simples, como ferramentas, paredes, pisos etc sem complexidade de mecanismos e peças. Já as duplicatas são um uso de Rank B e elas possuem a mesma Resistência do usuário, que cria uma por custo, e são capazes de ataques físicos mas não possuem sistema circulatório de chakra nem usam técnicas.
O custo em chakra e PS é dividido meio a meio (arredondado para baixo).

Há interações deste Tema com especializações. Pílulas de sangue, como visto, regeneram PS perdidos e podem ser criadas com medicina. Fuuinjutsu não pode selar o sangue como se fosse um elemento, porém pode ser empregado em técnicas como tinta e desenhar os kanjis de selamento sob controle do usuário. Ninpou concede bônus no uso das técnicas como se o sangue fosse uma arma e não um jutsu. E finalmente Shiro Tanzou pode usar o sangue do próprio usuário em técnicas de forjaria, sem emanar malícia (porque não foi extraído à força, foi doado por vontade própria) e até armas únicas feitas de sangue são forjáveis, com imensa capacidade de adaptação e maleabilidade, porém fiéis apenas a quem já foram parte.[/quote][/quote]

_________________
ATENÇÃO: Esta account NÃO responde mensagens privadas!
avatar
O Criador


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum