[Ficha] Kazuaki Iori

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

[Ficha] Kazuaki Iori

Mensagem por Jin em Sex Ago 11, 2017 1:11 pm

Tá, o PC do João tá cagado então eu tô postando isso daqui por ele, porque ele me pediu, antes que chiem com o IP. É nóis. Ass: Berg

Sobre o Personagem

Nome e origem da imagem:

Nome: Kazuaki Iori
Alcunha:

Sexo: Masculino
Idade: 15
Altura: 1,90
Peso: 75 Kg
Orientação Sexual: Heterossexual

Facção: Abe
Clã: Sem clã
Escalão: Heishi (D)
Elementos:
Kuchiyose:

Tema: A Nova Poesia (Estilo de Luta)
Signature Move:O Ritmo

PEVs&PENs

Pontos de Evolução
Ninjutsu: 3
Taijutsu: 3
Genjutsu: 0
Força: 1
Resistência: 1
Velocidade: 1
Controle de Chakra: 1

Pontos de Energia
Chakra: 20
Stamina: 30

Personalidade&Aparência

Nobre. Essa é a palavra que melhor define Iori, um jovem extremamente justo, leal e defensor de seus ideais. Iori é amante de lutas corpo a corpo e acha que no instante que ele está dentro de uma luta é nesse instante que ele se encontra no seu ápice de satisfação. A trocação franca de golpes, a adrenalina da batalha é algo viciante para o jovem, mas mesmo que parece contradizente Iori também adora coisas que são simplesmente o oposto disso. Talvez que por ser criado por um pai e mãe tão “românticos”, Iori adquiriu gostos de coisas mais poéticas como: ler, Escrever, tocar instrumentos, cantar, atuar entre outras coisas.

Iori é um rapaz alto, com 15 anos já está com 1,90, Ele é relativamente magro, seu olho é um castanho tão claro que parece amarelo, um cabelo liso e loiro. Sempre trajando uma camiseta social com uma gravata com as mangas erguidas e uma calça que permita sua locomoção. Sua voz é suave e nenhum pouco grossa, sua pele é macia e totalmente lisa, seus lábios são pequenos e seu queixo pontudo.

História

Eu podia resumir minha história de uma forma simples e rápida, mas qual graça teria? Sabe, sempre presei muito pelos detalhes e pelas nuâncias que a maioria das pessoas desprezam. Acho que herdei isso do meu pai, muito detalhista em tudo que fazia. A mamãe também. Acho que foi por isso que ele se apaixonou por ela. Ela não era a mulher mais bonita da metrópole, nem a mais feia, mas com certeza era a mais diferente e a que mais se parecia e não parecia com o papai ao mesmo tempo. Por quê? Papai sempre foi um homem muito galanteador, extremamente bonito e muito elegante. Já a mamãe era diferente das outras, ela nunca deu bola para essa coisas de se arrumar, sair ou coisas assim. Ela sempre gostou de tocar piano, violoncelo, arpa e vários outros instrumentos, ela sempre foi muito poética. Talvez tenha sido essa personalidade única que ela tinha que o encantou. Isso e ela não ter dado bola para ele no começo. Já dizia o ditado: “As pessoas só dão valor há aquilo que não tem”. Mamãe dizia que ele ficava o dia inteiro atrás dela. E a noite tocando em sua janela! Ela então deu uma chance para ele. Segundo papai, depois desse encontro ela caiu nos encantos dele, e se apaixonou. Mas sei que não foi assim, também sei que quem se apaixonou foi ele. Eles são sem dúvidas o casal mais apaixonado que já vi. Anos se passaram e o amor deles não diminuí!     Alguns anos se passaram até eu nascer, mamãe e papai casaram, tiveram minha irmã mais velha que muitos hoje conhecem como a cantora de sucesso da metrópole Kazuaki Aoi, então me tiveram. Desde novo meus pais me educaram ambos com suas crenças e ideais e eu absorvi oque achava ser o melhor disso tudo. Mamãe me ensinou tudo relacionado a história, artes, música, canto, desenhar, por aí. Já papai por ser o primeiro filho homem ele me ensinou coisas que ele dizia que não poderia ensinar a minha irmã, que era algo passado de pai pra filho. O pai dele passou para ele, e antes disso o pai do pai dele e por aí vai. Papai dizia que um homem tem que ser o ser mais elegante e honrado possível, saber fazer com as mãos coisas que as mulheres adoram(levou um tempo pra mim entender o duplo sentido), mas também tem que ser fortes e destemidos, pois mulher nenhuma gosta de fracotes. Mas acima de tudo sobre todas as regras, ele me ensinou a nunca, jamais, em hipótese alguma, levantar um dedo a uma mulher, nem que isso custe a minha vida. Ele então começou ele mesmo a me treinar no estilo de luta dele. 10 anos se passaram nisso e eu me transformei numa mescla do meu pai e minha mãe, perspicaz como ela e honrado como ele. Mas eu ainda estou na procura de quem eu sou, da minha identidade, me encontrar...

Iori fecha seu diário, por hoje já estava bom. Ontem havia feito seus aniversário de 15 anos e sua mãe havia lhe dado um diário dizendo que agora era hora dele escrever sua história. O diário era grande com centenas de páginas, todas esperando por grandes histórias. Iori torcia para corresponder essas expectativas.

Sobre o Jogador

Nome/Apelido: João Pedro/Katsugoyo
Idade: 18
Localização: Botucatu
Contato: Tudo

Entende e concorda com as regras e sistema de evolução deste RPG Interpretativo?

Sim
avatar
Jin
Mercenário | Rank D+
Mercenário | Rank D+


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum