Status do RPG: Aberto a novas inscrições
Ao se cadastrar, favor fazê-lo com o futuro nome de seu personagem. Exemplo: Uchiha Sasuke, Uzumaki Naruto. Tenha em mente que a ativação da conta se dá por um link mandado ao seu email de cadastro, portanto utilize uma conta válida.
Link us!




Quem está conectado
4 usuários online :: 3 usuários cadastrados, Nenhum Invisível e 1 Visitante :: 1 Motor de busca

Aburame Shiro, Chris17, Houã

O recorde de usuários online foi de 45 em Sex Abr 01, 2016 6:17 pm

[Konoha] Chuva inclemente, ânimos dispersos sob as nuvens

Página 3 de 6 Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6  Seguinte

Ir em baixo

Re: [Konoha] Chuva inclemente, ânimos dispersos sob as nuvens

Mensagem por O Criador em Qui Ago 09, 2018 8:18 pm

O membro 'Naoki' realizou a seguinte ação: Missões


'Missões' :

_________________
ATENÇÃO: Esta account NÃO responde mensagens privadas!
avatar
O Criador


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Konoha] Chuva inclemente, ânimos dispersos sob as nuvens

Mensagem por Uchiha Akio em Qui Ago 09, 2018 8:22 pm

Deve 500 ryous, se não tiver terá azar pelos próximos dez posts Smile

Naoki por sua experiência com drogas, consegue minimizar a exploração de Kamura embora nem saiba o que fez, já que o jutsu passa para uma camada mais profunda de consciência. Kamura tem os dados que ele "não agiu" ao derrubar os trabalhadores nem "agiu ainda de qualquer forma" para prejudicar Konoha.

Porém, como o personagem não decidiu pegar pouca coisa, continua investigando. Ainda falta ações de Yuto, Naomi e chegada de Jiraiya. Após isto, volta nova rodada, e Naoki terá sua chance, ou não, de escapar do genjutsu restritivo e em seguida da sondagem.
avatar
Uchiha Akio
Special Jounin | Rank C+ | Konoha
Special Jounin | Rank C+ | Konoha


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Konoha] Chuva inclemente, ânimos dispersos sob as nuvens

Mensagem por Miyamoto Naomi em Qui Ago 09, 2018 9:30 pm

— Cara, você gosta mesmo de uma conversa fiada, né?

Citando novamente que Naomi muito provavelmente está no início de sua tpm, então ela está nesse sobe e desce emocional de uma hora com raiva, outra hora envergonhada, e agora com raiva de novo. Esse fala-fala sem parar do tal Hiroto não parece levar a lugar nenhum, e isso está a deixando estressada. Ele tem sorte de não poder ser agredido ainda, porque se pudesse a jovem Miyamoto já tinha metido um socão no pescoço dele pra aprender a falar que nem gente. Tá pensando o quê.

_________________


"Touch me like you touch nobody
Put your hands all up on me
Tired of hearing sorry
Kiss and make, kiss, kiss and make up
How about we leave this party?
'Cause all I want is you up on me
Tired of hearing sorry
Kiss and make, kiss, kiss and make up"

(Kiss And Make Up, Dua Lipa ft. Blackpink)

Ficha Técnica | Arsenal
avatar
Miyamoto Naomi
Chuunin | Rank C | Konoha
Chuunin | Rank C | Konoha


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Konoha] Chuva inclemente, ânimos dispersos sob as nuvens

Mensagem por Hasegawa Yuto em Qui Ago 09, 2018 10:00 pm

— Cara...

Yuto ri inicialmente, parece um pouco sádico de certo modo.

— Eu ainda tinha algumas dúvidas se você era realmente culpado ou não, mas ameaçar se matar é o cúmulo da culpa. Agora nem se eu quisesse te livrar eu faria isso.

Falando em querer livrar Hiroto, Yuto parece recuar um passo para trás quando se dá conta do que está se passando pela sua mente. Algo lhe diz que o homem na sua frente estava sendo sincero em tudo o que disse, que seria melhor deixá-lo ir e fingir que nada aconteceu. É quando sua expressão de riso se desfaz e ele se mostra confuso, olhando para o chão por alguns momentos. Quando se é alguém ansioso — no caso de Yuto isso na maioria das vezes vem pelos seus surtos pesados de baixa autoestima — você se acostuma a ter pensamentos incongruentes em alguns momentos. Como por exemplo durante uma operação ao estar segurando um bisturi pensar em "mete ele no pescoço do paciente", que já aconteceu algumas vezes. Muitas pessoas dizem ter esses pequenos surtos, e Yuto já passou por isso diversas vezes. Hoje ele dá risada quando acontece, aprendeu a superar. Mas de que isso importa? Bom, quando ele se sente na vontade muito forte de ajudar Hiroto ele automaticamente joga essa sensação como culpa desse mesmo processo que ele já passou por diversas vezes. E ainda pensativo sobre isso, ele pensa que pode ser algum efeito de genjutsu, que era algo que ele estava tentando prevenir.

Eu disse que ativei turno passado mas não postei o custo, vou postar duas ativações então para compensar, ok?
Spoiler:
Chakra Kankakusei no Jutsu
Técnica Sensorial de Chakra
Rank: Equivale a um jutsu de Rank B, embora use regras próprias



Este jutsu envolve três habilidades: identificar um chakra próprio conhecido, rastrear um ou mais alvos dentro do alcance (o uso desta habilidade em especial exige concentração total e abdicar de outros ninjutsus e genjutsus naquele post) e reconhecer formas diferentes de chakra, como combinações elementais ou se alguém está sob alvo de genjutsu - incluindo o próprio usuário. O uso ativo desta técnica custa 2 de chakra + 1 por post adicional de manutenção, e em raras ocasiões o usuário pode detectar chakras incomuns em grande emanação sem ativá-la.

O alcance da utilização de identificação e rastreamento depende do escalão do usuário:

*Genins: 500 metros à sua volta
*Chuunins: 1 km à sua volta
*Jounins: 5 km à sua volta
*Kages: 10 km à sua volta

CH: 66 - 2 - 2 = 62

Sensor alternado para o terceiro modo, em que Yuto se torna capaz de checar a corrente de chakra de alguém e checar se está sendo afetado por alguma ilusão. Ele usa isso em si mesmo, por precaução, antes de voltar a deixá-lo no modo de detecção em área.

_________________

A day may come when we lose
But it is not today

[Ficha Técnica] | [Arsenal]
avatar
Hasegawa Yuto
Special Jounin | Rank C+ | Konoha
Special Jounin | Rank C+ | Konoha


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Konoha] Chuva inclemente, ânimos dispersos sob as nuvens

Mensagem por Jiraiya em Qui Ago 09, 2018 10:16 pm

Jiraiya investiga e investiga, olha as direções da marca e vê que, bem, o ferido tinha saído de dentro do galpão e fugido, ferido. Quem seria? Bem, ele também não sabe. Poderia ser algum mercenário qualquer, poderia ser algum civil que estava no galpão, não tinha como saber.

"Opção 1, lá dentro deve ter mais mercenários; opção 2, também deve haver mais mercenários. Entrar, não entrar?"

Ele hesita, coça a cabeça por uma vez e respira bem fundo, sentindo o ar úmido daquela chuva e do litoral do País do Mar.

"Já fiz uma cagada hoje e o Taichou me barrou né... Melhor sair e avisar o que descobri, vai que dá ruim..."

Assim decide-se e volta andando rápido para o lado de fora. Não está muito preocupado e até guardou sua kunai, afinal havia três lá e o maníaco do cigarro não tinha muitas chances, e nem está hostil. Não havia razões para se preocupar, e ele sai só curioso com o que havia dentro do galpão, pensando no que poderia ser. Sobre Naoki, ele pensava se o garoto já tinha um câncer de pulmão. Se tivesse a chance de investigar ele, seria a primeira curiosidade que ia matar.

_________________
Gastos - Técnicas
D S + I
avatar
Jiraiya
Chuunin | Rank C | Konoha
Chuunin | Rank C | Konoha


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Konoha] Chuva inclemente, ânimos dispersos sob as nuvens

Mensagem por Uchiha Akio em Qui Ago 09, 2018 10:55 pm

Como arcar com chakra é responsabilidade do jogador, ativa-o agora de volta e paga o custo inicial - mesmo que cite, tem de fazer a parte de por os PENs direito para não ocorrer como em evento passado onde esta narração, confiando nos players, terminou burlado com um erro que deixou com muito mais chakra um envolvido, quando devia ter esgotado ele. Que não se repita, a menos que por problema de postagem compreensível.

Yuto paga o inicial, então, reiniciando seu jutsu.

Yuto, Naomi e Jiraiya, PM para vocês.

Não está sob genjutsu o jounin especial, o que o deixa confuso e não melhora nem piora sua condição, ainda fica empacado pelo próximo post.

Naoki tenta firmar os pensamentos mas está ainda bêbado e tem de conseguir sair daquilo ali... daquilo o que era mesmo...? Difícil pensar.

Kamura mantêm a sondagem, procurando ir mais fundo para entender o papel daquele indivíduo na cidade.

Prossigam.
avatar
Uchiha Akio
Special Jounin | Rank C+ | Konoha
Special Jounin | Rank C+ | Konoha


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Konoha] Chuva inclemente, ânimos dispersos sob as nuvens

Mensagem por Jiraiya em Qui Ago 09, 2018 11:04 pm

- Oi, boa noite, tudo bem? - ele sorri, vendo que era uma pessoa de bem, pelas roupas. - Estávamos na rua e vi sangue na água, parede e tudo mais. Tá tudo bem ai dentro? Tem algum ferido? Se tiver, eu posso ajudar! - comenta meio animado, com a possibilidade de ajudar. - Aliás, eu sou Jiraiya, muito prazer!

_________________
Gastos - Técnicas
D S + I
avatar
Jiraiya
Chuunin | Rank C | Konoha
Chuunin | Rank C | Konoha


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Konoha] Chuva inclemente, ânimos dispersos sob as nuvens

Mensagem por Uchiha Akio em Qui Ago 09, 2018 11:09 pm

O servo que Jiraiya percebeu saindo se detêm na porta, inclina a cabeça e: "Perdoem-me, Jiraiya-san. Só posso responder a vocês o que for autorizado por meu senhor, mas ele é um dos que o contratou e poderá conversar melhor sobre a situação com todos"

Entretidos com outra coisa, os demais não se apercebem deste diálogo do lado de dentro.
avatar
Uchiha Akio
Special Jounin | Rank C+ | Konoha
Special Jounin | Rank C+ | Konoha


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Konoha] Chuva inclemente, ânimos dispersos sob as nuvens

Mensagem por Jiraiya em Qui Ago 09, 2018 11:15 pm

- E ele está ai? Acho que não né? Quando volta? - ele coça a cabeça. - Certeza que não tem ninguém ferido, né?

_________________
Gastos - Técnicas
D S + I
avatar
Jiraiya
Chuunin | Rank C | Konoha
Chuunin | Rank C | Konoha


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Konoha] Chuva inclemente, ânimos dispersos sob as nuvens

Mensagem por Naoki em Sex Ago 10, 2018 7:30 pm

Confuso, dopado e completamente alucinado. Considerando que ele era acostumado com a embriaguez e outros tipos de dopagens, era realmente algo bizarro o que estava sentindo, porque conseguia surpreender até mesmo a sua vasta resistência e experiência.

Logo que foi preso, ele, que é majoritariamente um usuário de Genjutsus, sabia que aquilo não era real. Mas... porque fazer o Kai era tão difícil..? Mesmo assim, ele lutava contra seus sentidos e coordenação motora para tentar efetuá-lo, e recuar. Ele cambalearia para trás caso conseguisse libertar-se.

As palavras de Yuto adentravam a sua mente de forma lenta e embaçada, como se estivesse duplicada, e cada significado tinha margem para ser interpretado muitas vezes. A embriagues afetava seus sentidos, e deixava seus sentimentos mais aflorados. Se conseguisse se libertar do Genjutsu, ele se afastaria, e ficaria de joelhos, com os olhos avermelhados esbanjando revolta e ódio. Mas mesmo assim, não seria agressivo. - .. vocês.. vocês são ridículos.. - exclamou, com a voz frágil, trêmula, claramente emocionalmente instável. - ... ninjas de vila.. sempre são assim.. - continuou, com os olhos agora marejando, e o corpo tremendo. Parte resultado da embriaguez, parte do nervosismo. E sua ideologia ia escapar.. - .. vocês se acham donos da razão, não é? .. donos.. da bondade.. - ele tentava recuperar o equilíbrio e apoiar-se em alguma parede, era claro que sua guarda estava baixa no entanto, ele só queria ficar um pouco mais confortável e afastado, se possível. - .. vocês acham que são os únicos, hm? Eu também já vi.. amigos, companheiros.. todos caírem nas mãos de servos de vilas.. - ele balbuciava com profunda mágoa em sua voz - .. vocês acham que estão certos porque servem uma instituição.. abrem mão da liberdade.. - ele pausava eventualmente para retomar o fôlego, ainda com a visão duplicada e dopado - .. da mesma forma que existem mercenários filhos da puta, tem gente assim do lado de você... - continuou ele, com os cabelos presos soltando-se após tanto se mexer, devagar desmanchando-o e soltando-o - abre os olhos... -

Ele cambaleia mais um pouco, olhando para própria mão, que estava bem trêmula. - .. eu prefiro sim a morte. Ou acham que não sei o que uma inteligência de vila pode fazer..? As atrocidades e torturas que fazem bem debaixo do seus pés..? - então rangia os dentes, frustrado, uma vez mais. - névoa... folha... qualquer merda que for.. é tudo a mesma coisa.. podem bater a mão no peito.. essas merdas acontecem bem debaixo dos seus pés.. -

E mesmo que não conseguisse se libertar, poderiam ouvir falar algumas dessas palavras. Porquê? Bom, porque a embriaguez deixava lúcidas as memórias de sua equipe sendo massacrada, anos atrás. O ódio, o rancor, a insegurança, a frustração..

.. eram informações que Kamura obtia. Não informações concisas e racionais, mas sim informações da psiquê de Naoki, de seus sentimentos e sensações, de suas ambições e frustrações. - PRO INFERNO COM ESSA MERDA! - gritou, enfim, explodindo. Se estivesse preso, só gritaria, mas caso já estivesse liberto, ele então sentaria no chão, com as pernas para frente, e encostaria na parede.

Os olhos vermelhos fitavam a chuva inclemente que caía. - .. eu sei.. vocês seguem ordens. Mas vocês vem, encurralam, ameaçam, torturam e dopam.. não há diferença.. entre eu... vocês.. os contrabandistas.. - e então as memórias retornavam. Via aquele Yamada com seus feixes de luz distorcidos distorcendo e rasgando a carne de sua parceira Inuzuka, enquanto ela gritava em agonia e dor para ele fugir. Via o gelo e o clima frígido preencher seu corpo enquanto tremia em temor. E seus companheiros lutando incessantemente para adiarem o inevitável..

.. para que ele fugisse. Para que não terminasse dilacerado, como eles. O que acontecia agora era a mesma coisa... mas sem companheiros. Sem ninguém. Sozinho, sem objetivos, sem motivos pra fugir. Sem motivos pra lutar. A sua mente dopada fundia o evento traumático do passado ao presente, e uma explosão de sentimentos irradiava Naoki. - ... a única diferença.. entre nós.. é que eu não abri mão da minha liberdade. Um mundo melhor.. tsc.. - e então ele simplesmente ficaria ali, parado, observando a chuva. Queria reagir, queria gritar, balbuciar, xingar, lutar. Mas era impossível. Então só observava a chuva.

A chuva que caía naquele dia caía hoje também. Mesmo assim, ele gostava dela. Que mal presságio, não é..? - .. acabem comigo logo. Eu não tenho mais porquê lutar. Todos morreram. Todos. Todos.. - exclamou, dessa vez, com a voz baixa. Era um quase como um choro, mas seus olhos não derramavam lágrimas...

... ou talvez derramavam? Era difícil perceber com a chuva caindo em seu rosto. Ele não enxergava mais Yuto ali, não integralmente. As imagens divididas da embriaguez dividiam ele entre passado e presente. De um lado, um capitão da Folha, conhecido distante. De outro, o mesmo Oinin que massacrou seus sonhos e esperanças. Qual dos dois era real?

Não sabia dizer... mas provavelmente ia morrer. Que vida mesquinha, não é? Como a de todo ninja..

... patético.

avatar
Naoki
Mercenário | Rank D+ | Hangyaku
Mercenário | Rank D+ | Hangyaku


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Konoha] Chuva inclemente, ânimos dispersos sob as nuvens

Mensagem por Kurama Kamura em Sex Ago 10, 2018 7:44 pm

E então, ele descobre.

"Pelos ancestrais. Que horrível"

Até a mão de Kamura solta da testa dele, após as emoções afloradas facilitarem o acesso a um submundo de tragédia, infortúnio, e tristeza. Será que a linha divisória entre mocinhos e bandidos está clara? Teria alguma página de manual da vila uma resposta para encaixar uma situação tão tridimensional, cheia de lados, para um fato mais do que "ele é um exilado, e você um ninja de Konoha". Simples assim?

Quem pode culpar, do que faria, um ninja jovem e idealista ao ver a máscara sorridente de gesso desmoronar em um rosto de lágrimas negras, perpetuamente marcando sua carne, por dentro em espirais sem fim de culpa, remorso, e um sadismo não declarado, vomitando de volta para o mundo e causando mais sofrimento ainda... porque não aprendeu outro jeito de resolver as coisas?

Kamura perdeu sua mãe em uma missão infiltrada, para criminosos que sabiam que estavam errados, foram pegos e resolveram se vingar. Isto o marcou mas diferente de Naoki, mesmo a imagem do voz dela gritando seu nome enquanto era arrastada e golpeada por várias pessoas, enquanto seu pai virava seu rosto e o levava dali, encontrou uma resolução ao deixar para o passado... o passado (vide RPs de Persona, onde foi desenvolvido isto). Aquele homem tão poderoso, capaz de influenciar uma nação, cercado de pessoas que o admiravam ou o temiam, chefe de outro grupo criminoso, ainda não saiu de um ponto no tempo, ainda era aquele genin ali, retido em um momento cristalizado como um inseto preso no âmbar.

E mesmo que os anos se passassem, não conseguia se livrar de ser aquela pessoa banhada no sangue dos seus companheiros. Todavia, seu ódio destruiria vidas mais do que aquelas perdidas naquele dia. Só Kamura é quem não se declararia, apenas porque estava deste lado da situação...

"Não sou seu juiz, nem seu júri. Quanto menos seu executor" ele diz, apenas para Naoki (talvez Yuto e Naomi o escutem, ou não) em seu ouvido "Mas não te acho patético. Moço, só quero que escute isto. Queria ter conhecido você naquela época. Queria ter... gritado com você. Para que se movesse. Saísse dali*"

"Eu... desculpa, não tenho que falar mais nada. Pode soltar Yuto Taichou de sua técnica? Podemos conversar?" e ele... liberta também do genjutsu Naoki. Ele está livre.

Gesto de boa fé, tolice desmedida ou nada mais relevante do que um ato sem consequências. Chame do que quiser. No final do dia, todos são seres humanos. Não apenas "ninjas".

*Kamura usa o termo "sair", mas mais em sentido de seguir, não de fugir. De ir em frente.
avatar
Kurama Kamura
Chuunin | Rank C | Konoha
Chuunin | Rank C | Konoha


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Konoha] Chuva inclemente, ânimos dispersos sob as nuvens

Mensagem por Naoki em Sex Ago 10, 2018 8:55 pm

"Não tenho

Não tenho tempo pra perder, perder, perder...

Eu não consigo ver sua face, face, face..

(Veja tudo, veja tudo).. face.."

Quando foi libertado, a confusão infernal aos poucos se estabilizou. Ele suspirou, encarando pela última vez o céu chuvoso. - E mais uma vez.. - suspirou, tateando seu Kimono, procurando algum cigarro perdido. Por sorte, após tanta dor, ele achou um pequeno cigarro, meio amassado. Parecia ter esquecido dele, era o último de fato. - .. me foi negada a liberdade da minha própria mente. Mais uma vez.. - tremendo, acendeu o seu isqueiro, colocou o cigarro na boca, e deu um trago. Agora, os olhos escarlates encaravam Kamura. - Você viu tudo.. não é? - comentou, sentado no chão. Seus olhos rodeavam, observando também o resto da equipe da Folha.

"Veja todo o tempo que eu perdi

Esperando pacientemente por sua graciosidade, odeio isso

Não posso escapar de como me sinto, eu mataria só pra sentir

E agora preencho o vazio

Com o barulho da voz fria em minha cabeça

Quando eu for morto, isso selará o contrato

E eu serei livre dessas correntes"

- .. Eu não sei quem és, garoto. Mas o que tu viu.. - ele dá mais um trago, com a voz ainda meio trêmula. - .. esse fardo é meu. Só meu. Tu deve ter seus próprios demônios, lide com eles. - ele entendeu. O garoto de alguma forma conseguiu ver sua história. Ele sabia que Hiroto não era nada além de sua figura paterna no mundo Mercenário. Ele sabia que Naoki não era nada além de uma casca vazia para uma ambição impossível. Ele sabia que aquele ser distorcido, tatuado, drogado.. era Senju Hibiki.

"Não tenho tempo a perder... perder, perder, perder..

(O passado continuará o mesmo, eu sinto a dor todo dia
E eu não quero esperar, eu consigo sentir o tempo ir embora)

Eu não consigo ver a sua face.. face, face, face..

(O passado continuará o mesmo, eu sinto a dor todo dia
E eu não quero esperar, eu consigo sentir o tempo ir embora)"

As palavras "sair dali" eram ambíguas para o mercenário confuso. O garoto referia-se, afinal, ao seu exílio? Ou ao seu estado mental? Ele encarou sua mão, segurando gentilmente o cigarro, com a sua labareda fraca devido ao clima úmido. Suas unhas pretas, as marcas de tinta fixadas pela eternidade em seu pulso, braço, dedos. - .. ele não tá sob efeito de mais nada. Não é algo que eu mantenho, o efeito é apenas imediato. Ele logo vai ficar bem.. eu não vou machucar vocês. -

Ele encarou os outros. Porquê? Porquê estava tendo compreensão, após tanta dor? Após tanta agonia? O seu outrora torturador tornou-se seu salvador? Era confuso. Mas sabia.

Todos tem seus demônios, como ele mesmo disse. Se Hibiki teve motivos para sair de sua casa e buscar erradicar o sistema atual, talvez aquele garoto de cabelos cor-de-neve tinha os seus para ser igualmente aterrorizante, ríspido e compreensivo.

"Não tenho tempo a perder... perder, perder, perder..

(O passado continuará o mesmo, eu sinto a dor todo dia
E eu não quero esperar, eu consigo sentir o tempo ir embora)

Eu não consigo ver a sua face.. face, face, face..

(O passado continuará o mesmo, eu sinto a dor todo dia
E eu não quero esperar, eu consigo sentir o tempo ir embora)"

- Podemos conversar. Mas tá tudo acabado agora. - ele continuava tragando o cigarro, anestesiado fisicamente pela exaustão mental de seu surto. - Tu sabe.. e é questão de tempo até outros saberem. Vão vir atrás de mim. - continuou. Naoki falava em um tom quase de sussurro, para apenas Kamura ouvir. E se alguém se aproximasse, ele não falaria. - Vocês seguem ordens. Vocês tem seus motivos, e eu tive os meus. O destino foi cruel com todos nós, garoto. - o seu Kimono molhado acabava deslizando, suas mangas também. As marcas de injeções no corpo, com o resto das tatuagens eram evidentes agora, e o Kurama podia entender agora a razão da sua droga ter sido tão eficiente. - .. eu não vou mudar. E acho que tu também não. O passado.. ele nos moldou no que somos hoje. Não dá pra esquecer. - e então fitou os olhos azuis do garoto, contrasteando com sua pupila negra como a noite e sua íris rubra como sangue. - .. nossos caminhos se cruzaram hoje. E não vai ser a primeira vez. - ele então calou-se, e permitiu-se apreciar o cigarro até o fim. Na hora de apagá-lo, ele apagou na sua mão, e a marca da queimadura ficou ali.

Dor. Dor fazia-o sentir-se vivo. Sentir-se vivo era essencial para motivá-lo. Ele, abençoado com o carisma divino. Ele, amaldiçoado com o Orgulho demoníaco. Sua ambição era eterna. - .. se você entende, então consegue ver. Talvez não pelos meus olhos. Talvez não como eu vejo. Mas esse mundo e esse sistema.. são simplesmente cruéis demais. Como eu, existem vários. E eu vi cada um desses crescer, ascender, e depois cair. Poder, garoto. Poder.. todos querem isso pra preencherem suas vidas sem sentido e seus vazios internos com ambições vazias. - ele tentou levantar-se, um pouco trêmulo, apoiou o corpo na parede, e se ergueu. - Eu sou só mais um desses. Mas eu quero um mundo onde esse sofrimento não exista. Se eu morrer, me libertam desse fardo. Se eu conseguir, tento libertar os outros. - ele então continuou parado e distante, mas deu alguns passos apenas na direção de Yuto. No caminho, completou, por fim, sua fala a Kamura. - .. então se um dia me ver no caminho errado, distorcido de meu ideal, me mate. Mas veja-o com meus olhos. Esses que tu viu agora. - e então, após um tempo de silêncio, voltou-se finalmente ao capitão da equipe.

- Conseguiram o que queriam. Os meus, os seus, os outros. Tá todo mundo acabado aqui. Eu espero nunca mais voltar nessa cidade fodida. - e então coçou a cabeça, terminando de soltar o seu cabelo que já estava molhado pela chuva. - O que fará comigo? - indagou, por fim, à Yuto.

Era uma pergunta sincera. Se saiu inteiro disso, não sabia. Aquele misterioso garoto da Folha poupou-o de um destino trágico. Mas o mundo, como ele disse, era cruel. O que garantiria que os outros três teriam a mesma piedade?

Isso mesmo. Nada.

*Tradução de "Filth", de Killstation.
avatar
Naoki
Mercenário | Rank D+ | Hangyaku
Mercenário | Rank D+ | Hangyaku


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Konoha] Chuva inclemente, ânimos dispersos sob as nuvens

Mensagem por Hyuuga Hime em Sab Ago 11, 2018 2:49 am

- Yuto-sama, Hyuuga Hime está tratando dos ferimentos de um tal de Fugiwara, mas decorrente de uma técnica do inimigo está tendo dificuldades - A lesma sussurra para Yuto, pois apesar de tudo sabia que Naoki não era alguém que seja confiável par ouvir suas informações - Todos os mercenários estão lá. E um foi incapacitado.

_________________
Ficha técnicaArsenal




Kimi wa ima namida nagashita
Nakijakuru kodomo no you ni
Tatoeasu ga mienakunattemo mamoru yo
Natsu no sora niagete niranda

Tsuyogatte bakari de namida wa misenai
Hontou wa kowai kuseni
Taisetsuna mono wo ushinawanu youni
Hisshi de hashirinukete kita
Itsudatte nagai yoru wo futari de norikoeta
Kono mama issho ni iru kara tsuyogatenaide iinda yo

Lovers/7!!
Neutra
avatar
Hyuuga Hime
Special Jounin | Rank C+ | Konoha
Special Jounin | Rank C+ | Konoha

Localização : Botucatu

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Konoha] Chuva inclemente, ânimos dispersos sob as nuvens

Mensagem por Uchiha Akio em Sab Ago 11, 2018 6:50 am

No aguardo de Yuto, Naomi e Jiraiya (o servo não quer mais conversar, como deixou claro, antes de suas desculpas).
avatar
Uchiha Akio
Special Jounin | Rank C+ | Konoha
Special Jounin | Rank C+ | Konoha


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Konoha] Chuva inclemente, ânimos dispersos sob as nuvens

Mensagem por Jiraiya em Sab Ago 11, 2018 6:14 pm

- Prepara um café e uns bolinhos, eu volto com meus amigos para falar com seu patrão! - ele fala mais alto para o servo ouvir por trás da porta (estou supondo que fechou a porta na cara dele. Foi o que entendi).

Ele sai correndo então para voltar ao lado de fora da cena.

_________________
Gastos - Técnicas
D S + I
avatar
Jiraiya
Chuunin | Rank C | Konoha
Chuunin | Rank C | Konoha


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Konoha] Chuva inclemente, ânimos dispersos sob as nuvens

Mensagem por Hasegawa Yuto em Sab Ago 11, 2018 8:50 pm

Ah, então era mesmo alguma técnica daquele rapaz. Era algo interessante e com grande potencial, de fato. Um estudante de poderes como Yuto é acaba sendo impossível não ficar curioso sobre o que era aquela técnica, porque ele imagina que se não fosse por já ter passado por algo do tipo talvez ele tivesse caído naquele jogo. Pior ainda, ele começa a se perguntar quantas pessoas já não foram manipuladas por aquele tipo de jutsu. E é estranho porque mesmo sabendo que foi induzido a simpatizar com Naoki ele simplesmente não consegue deixar a sensação para lá. Era algo superior à grande maioria das técnicas ilusórias. Realmente incrível.

— Fazer com você? Por enquanto preciso entender o que Kamura viu.

É quando ele vê a pequena comitiva se aproximando.

— Lide com eles, Naomi. Se precisar estaremos logo aqui ao lado terminando de lidar com a situação.

_________________

A day may come when we lose
But it is not today

[Ficha Técnica] | [Arsenal]
avatar
Hasegawa Yuto
Special Jounin | Rank C+ | Konoha
Special Jounin | Rank C+ | Konoha


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Konoha] Chuva inclemente, ânimos dispersos sob as nuvens

Mensagem por Kurama Kamura em Sab Ago 11, 2018 8:53 pm

"O sistema ninja falhou com ele" Kamura deixa pender os ombros e se junta a Yuto, mas mais embaraçada ainda que tudo na vida, após presenciar verdades terríveis "Ele é tão vítima quanto carrasco, mas não sei se é como dizem, alguém que só aprendeu a ser assim porque não viu outro jeito. Ele foi dos nossos, Yuto-taichou. De Konoha"
avatar
Kurama Kamura
Chuunin | Rank C | Konoha
Chuunin | Rank C | Konoha


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Konoha] Chuva inclemente, ânimos dispersos sob as nuvens

Mensagem por Miyamoto Naomi em Sab Ago 11, 2018 8:57 pm

— Só não demore, porque acho que viemos ver ele.

O broche não deixava dúvidas sobre sua origem. Era da guilda dos mercadores, a mesma que viu os soldados do cais utilizado. Se eles apenas respondiam a um superior e esse superior era o tal Kanazawa, julgando pela forma que rodeavam o homem do meio e como este possuía até mesmo roupas diferentes dos demais, seria mais justo dizer que aquele poderia ser o próprio Kanazawa, se aproximando no meio daquela mini confusão. O tal Hiroto parecia que ia colaborar, então esperava que a situação não piorasse por ali.

Como Jiraiya parece que não entrou e ainda está por perto, a garota de cabelos verdes o chama para que venha com ela. Sim, porque ela se dirige em direção ao grupo de cinco pessoas antes que elas pareçam finalmente chegar ao seu destino (isto é, alguns metros da porta de entrada da casa ali ao lado).

— Com licença, senhores. Sou Miyamoto Naomi, kunoichi da Folha. Senhor Kanazawa, gostaria de um pouco do seu tempo.

_________________


"Touch me like you touch nobody
Put your hands all up on me
Tired of hearing sorry
Kiss and make, kiss, kiss and make up
How about we leave this party?
'Cause all I want is you up on me
Tired of hearing sorry
Kiss and make, kiss, kiss and make up"

(Kiss And Make Up, Dua Lipa ft. Blackpink)

Ficha Técnica | Arsenal
avatar
Miyamoto Naomi
Chuunin | Rank C | Konoha
Chuunin | Rank C | Konoha


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Konoha] Chuva inclemente, ânimos dispersos sob as nuvens

Mensagem por Hasegawa Yuto em Sab Ago 11, 2018 9:00 pm

— De Konoha?

Uma grande surpresa, de fato. Konoha possuía alguns ninjas foragidos, qual vila que não? Só que Yuto realmente não esperava dar de cara com uma dessas pessoas ali no meio daquela missão. Que grande jogo do destino. O homem se sente ansioso, e provavelmente suas mãos estariam suando se não estivesse chovendo.

— É exilado? Não lembro de nenhum Hiroto no Bingo Book.

_________________

A day may come when we lose
But it is not today

[Ficha Técnica] | [Arsenal]
avatar
Hasegawa Yuto
Special Jounin | Rank C+ | Konoha
Special Jounin | Rank C+ | Konoha


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Konoha] Chuva inclemente, ânimos dispersos sob as nuvens

Mensagem por Uchiha Akio em Sab Ago 11, 2018 9:06 pm



"Honoráveis saudações, Miyamoto Naomi. Seria membro da famosa família Miyamoto da Folha? Uma bela mulher, e uma esplêndida ninja, meus olhos são abençoados pelo bálsamo de seu profissionalismo e radiância. Comparada a uma cidade de lavadeiras, esposas de marinheiros e meretrizes, és uma flor que espalha um perfume odoroso em sua passagem, sem reduzir a eficiência do aço que suponho que porte. Celebremos"

Ele olha para Naoki, de longe.

"Ah, a escória do País do Mar. Infelizmente, preferimos a escória menor do tipo de ralé de pior calibre que estaria vagando por estas plagas se ele não ascendesse ao poder. Um mal necessário, como dizem. Imagino que o interrogam? Deixem-no livre. Ele nenhum mal lhes fez. A menos que tenham suas queixas com ele pelo comportamento que tenha se portado, no que não interferirei. Só quero aqueles que tenham machucado meus trabalhadores. Estes pagarão, e quem os acoberte"

O serviçal de antes move-se até vocês e pronuncia uma palavra: "Calêndula"

"Calêndula. Caminhar alegre sob o sol em um dia de outono. Então ele não colaborou mesmo. Obrigado, Kodoki. Sempre leal e prestativo" então se volta de novo à Naomi e Jiraiya, este que até então ignorou pelo visto por completo "Agora, se tem mais assuntos comigo, senhores, estou à disposição. Lembro-os do contrato com a Folha. Em nome da guilda dos mercadores, trarei nossa posição sobre como continuaremos nossos negócios, após falarem o que tiverem de dizer para minha pessoa"
avatar
Uchiha Akio
Special Jounin | Rank C+ | Konoha
Special Jounin | Rank C+ | Konoha


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Konoha] Chuva inclemente, ânimos dispersos sob as nuvens

Mensagem por Jiraiya em Sab Ago 11, 2018 9:14 pm

- Ah, então é você, muito prazer, eu sou Jiraiya, filho de... - ele se interrompe um pouco atrapalhado. - Não, pera, essa fala não era nesse País! Sou Jiraiya, chunin da Vila assim como Naomi-chan! Você deve ser o líder aqui, estou certo? Falei agora pouco um um serviçal seu ali dentro do galpão, mas ele disse que só podia falar qualquer coisa na sua presença, e me pediu pra esperar. Muito leais esse seu pessoal, viu? Tô impressionado! - uma pausa para respirar. - Agora, acho que temos alguma coisa pra conversar. Tinha umas marcas de sangue ali! - ele aponta - e queria saber de quem é. Se for algum ferido que precise de ajuda, temos médicos! De resto, o Yuto-taichou pode tomar conta!

_________________
Gastos - Técnicas
D S + I
avatar
Jiraiya
Chuunin | Rank C | Konoha
Chuunin | Rank C | Konoha


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Konoha] Chuva inclemente, ânimos dispersos sob as nuvens

Mensagem por Uchiha Akio em Sab Ago 11, 2018 9:16 pm

Kanazawa leva um dedo aos lábios, e aponta para Naomi rapidamente antes de baixar o braço.

"Respeite uma mulher, deixe-a falar que começou primeiro. Não seja rude"
avatar
Uchiha Akio
Special Jounin | Rank C+ | Konoha
Special Jounin | Rank C+ | Konoha


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Konoha] Chuva inclemente, ânimos dispersos sob as nuvens

Mensagem por Miyamoto Naomi em Sab Ago 11, 2018 9:26 pm

— Sim, sou da família de forjadores Miyamoto. É um prazer finalmente conhecê-lo pessoalmente, Kanezawa-sama. Poderíamos lhe acompanhar para dentro de sua residência para podermos discutir sobre o que viemos tratar mais confortavelmente?

Naomi acha incrivelmente interessante o modo que o homem se dirigiu a ela. Primeiro que ela acha simplesmente incrível quando reconhecem o nome de sua família em lugares mais distantes do País do Fogo. Não eram numerosos mas sua tradição na forja parecia alcançar os mais diversos lugares, e isso era muito bom de se constatar pessoalmente. Quanto aos elogios, bom, quem não gosta de ser elogiado? Parecia muito mais formalidade do que elogios sinceros em si, o que de certo modo indicava que Kanazawa entendia bem sobre negociações. Teria que ser tão convincente e astuta quando ele.

— Ah, você o conhece? Só o paramos porque encontramos o sangue quando chegamos, e como você não estava achamos que talvez tivesse lhe acontecido algo. É um alívio ver que está bem.

Está falando de Naoki, mas logo muda de assunto porque não foram tratar daquilo e Jiraiya acabou desvirtuando muito do assunto. A jovem segura então seu guarda-chuva somente com uma das mãos, para que com a outra pudesse ajeitar seu cabelo para trás da orelha.

— De qualquer maneira, podemos acompanhá-lo então?

_________________


"Touch me like you touch nobody
Put your hands all up on me
Tired of hearing sorry
Kiss and make, kiss, kiss and make up
How about we leave this party?
'Cause all I want is you up on me
Tired of hearing sorry
Kiss and make, kiss, kiss and make up"

(Kiss And Make Up, Dua Lipa ft. Blackpink)

Ficha Técnica | Arsenal
avatar
Miyamoto Naomi
Chuunin | Rank C | Konoha
Chuunin | Rank C | Konoha


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Konoha] Chuva inclemente, ânimos dispersos sob as nuvens

Mensagem por Jiraiya em Sab Ago 11, 2018 9:33 pm

"Meh... Que cara chato! Não gostei dele..."



Ele fica quieto então, de cara feia.

_________________
Gastos - Técnicas
D S + I
avatar
Jiraiya
Chuunin | Rank C | Konoha
Chuunin | Rank C | Konoha


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Konoha] Chuva inclemente, ânimos dispersos sob as nuvens

Mensagem por Uchiha Akio em Sab Ago 11, 2018 9:36 pm

"Perfeitamente. Acompanhe-me, por favor" ele segue com Naomi, e seus soldados logo atrás. Como descrito, tem uma porta externa que dá para um galpão de serralharia, e o servo está agachado terminando de limpar a parede onde Jiraiya viu o sangue. Na verdade, nem vêem sangue lá, ou Naomi sabe do que se tratava. Outra porta no galpão passa para um escritório.
avatar
Uchiha Akio
Special Jounin | Rank C+ | Konoha
Special Jounin | Rank C+ | Konoha


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Konoha] Chuva inclemente, ânimos dispersos sob as nuvens

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 3 de 6 Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6  Seguinte

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum